Líder em todas as pesquisas de intenção de votos para a eleição presidencial deste ano, o ex-presidente Lula (PT), mandou neste sábado, 15/01, recado para o atual presidente da República Jair Bolsonaro, que insiste em fazer confronto com o poder Judiciário e ameaçar o Estado Democrático brasileiro e as eleições deste ano, por conta da sua baixa popularidade frente a opinião pública e também por perceber sua fragilidade em concorrer com o petista no pleito de outubro.

        “Eu disse que começo de ano ao jornal britânico The Telegraph que a democracia brasileira sairá mais forte de 2022, e todos terão que aceitam o resultado das eleições. A maioria dos brasileiros rejeita o autoritarismo e o desastroso desgoverno atual”.

        “O próximo presidente do Brasil terá que enfrentar o desafio de reconstruir o país, recuperar o crescimento econômico e a inclusão social, dialogando e trabalhando com a sociedade”.

        “E que nosso mundo precisa de mais cooperação e menos conflito entre os países para enfrentar os desafios globais – pandemia, proteção do meio ambiente, combate à pobreza”, disse Lula no Twitter.

One thought on “ELEIÇÃO 2022: Lula vai pra cima de Bolsonaro: “Todos terão que aceitar o resultado das eleições””

Deixe uma resposta