O ex-presidente Lula (PT) convidou o senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP) para fazer parte de sua equipe da campanha na eleição presidencial deste ano.

O convite aconteceu na sexta-feira (21/01), durante reunião em São Paulo, e, segundo a coluna Painel do jornal Folha de São Paulo, o senador deu retorno positivo à proposta, ainda que não definitivo.

Na campanha de Lula, o senador amapaense deverá ajudar na composição do programa de governo e na articulação política, entre outras atribuições.

Caso Randolfe decida atuar na campanha de Lula, o senador amapaense deve desistir da disputa pelo governo do Amapá e começar a trabalhar o nome de um substituto para a disputa.

Lula com Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), também foi ao encontro do ex-presidente Lula e da presidente Nacional do PT, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), em São Paulo.

A reunião aconteceu na tarde desta segunda-feira, 24/01 e também esteve presente a ex-presidente Dilma Rousseff.

“Conversamos sobre ações administrativas que estamos executando no Maranhão e sobre cenários políticos”, postou Dino nas redes sociais. O governador do Maranhão está em seu segundo mandato e deverá concorrer ao Senado.

Lula com tucanos e Boulos

Praticamente a oito meses da eleição presidencial, e com chances de vencer ainda no primeiro turno, Lula “corre” para amarrar apoios à sua candidatura.

Na quinta-feira (20/01), o petista esteve reunido com o ex-ministro Aloysio Nunes, liderança da velha guarda do PSDB e ainda esta semana deve encontrar com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e também com Guilherme Boulos (PSOL), tudo na tentativa de fechar ao máximo apoios para faturar a eleição ainda no dia 2 de outubro.

Deixe uma resposta