O líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PSOL, Guilherme Boulos declarou mais uma vez seu apoio à candidatura do ex-presidente Lula ao Palácio do Planalto, desta vez a declaração aconteceu na cerimônia virtual de posse da nova diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP), no sábado 29/01.

        Em vídeo enviado ao evento, Boulos, após relembrar os momentos de resistência na sede daquele sindicato, que antecederam à prisão de Lula em abril de 2018 concluiu: “Viva o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Viva a classe trabalhadora. É Lula presidente em 2022”.

        Até agora, Boulos e outros dirigentes psolistas vinham criticando a possibilidade do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido), vir a ser vice da chapa presidencial de Lula.

        Mas, a levar pelo discurso de Boulos, o PSOL parece já ter definido seu apoio a Lula, independentemente da contrapartida do ex-presidente e do PT em SP, onde Boulos está em campanha para governador do Estado. Boulos, juntamente com o presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, são integrante da corrente Primavera Socialista, a maior dentro do partido. Portanto, pode-se concluir que o PSOL deve caminhar ao lado de Lula ainda no primeiro turno.

Deixe uma resposta