O ex-presidente Lula (PT) chega a 8 meses da eleição presidencial não só como a esperança de brasileiros, especialmente os mais pobres, mas também como a esperança dos grandes investidores estrangeiros, que vêem no petista a pessoa certa para criar caminho de prosperidade, emprego e renda e estabilidade ideal para bons negócios.

         “Não ‘matem’ o mensageiro: as pessoas gostam do Lula (aqui na Europa)”, disse Rogério Xavier, um dos mais badalados gestores de recursos do Brasil e fundador da SPX, que vive em Londres há alguns anos e por isso tem uma visão mais próxima dos investidores estrangeiros.

Em novembro Lula foi aplaudido de pé após discurso no Parlamento Europeu, em Bruxelas, Bélgica

         Nesta terça-feira (1º/02), Xavier disse em evento do Credit Suisse que esses investidores preferem Lula a Bolsonaro e pediu para que não matassem o mensageiro. “As pessoas podem dizer o que quiser, mas aqui fora o Lula faz sucesso. Quando digo isso, acham que sou petista, mas nem voto mais no Brasil, não tenho mais esses vieses, eu torço para que o Brasil continue no caminho da prosperidade, do emprego e da renda, mas não ‘matem’ o mensageiro: as pessoas gostam do Lula.” 

One thought on “Gestor financeiro mundial pede ajuda para eleger Lula. “Não ‘matem’ o mensageiro. (Aqui na Europa) as pessoas gostam do Lula””
  1. Em primeiro lugar, receber apoio financeiro é ilegal.
    Em segundo os fatos mostram “os bons acordos financeiros” como grades calotes, roubalheira, desvios, super faturamento, todo menos bom.

    E afinal, quem foi eleito pela revista Forbes como personalidade do ano.

    “O grande apoio de Lula” se resume a uma parte de esquerda, que é até maior fora do Brasil. O engraçado que o jornalista com medo de crítica diz: ” não sou eleito de Lula, nem voto no Brasil “. Agora pergunto: Por que não falou que receber apoio financeiro de fora é crime!
    Seria uma maneira de fortalecer o candidato, que não pode andar nas ruas do seu próprio Estado, sem receber vaias, questionamentos…

    Por que o site do fala de Lula e da esquerda?

Deixe uma resposta