O ex-presidente Lula foi às suas redes sociais nesta segunda-feira (28/02) para afirmar que, caso eleito presidente da República, vai mudar a política de reajuste dos preços de combustíveis, que atualmente é realizado baseado no dólar, ancorado no preço do barril de petróleo cru. Por isso, segundo o petista os preços da gasolina, diesel e gás de cozinha estão nas alturas.

“Nos oito anos em que fui presidente mantive a gasolina, o diesel, o gás com os preços de acordo com a moeda brasileira. Não existe razão para o preço da gasolina ser dolarizado, a não ser para atender aos interesses dos acionistas. Sobre tudo os acionistas de Nova York. O que vai se pagar de dividendos (aos acionistas da Petrobras). Uns falam em US$  65 bilhões, outros falam em US$ 100 bilhões, outros em US$ 80 bilhões. É uma quantidade de dinheiro (muito grande). Parte desse dinheiro poderia ser investido no Brasil”, afirma Lula.

Deixe uma resposta