Em pronunciamento na Câmara dos Deputados do México, nesta quinta-feira (03/03), o ex-presidente Lula afirmou que o alto índice de mortes pela Covid-19, a volta da fome no Brasil e o alto nível de desemprego são consequências da chegada e gestão da extrema direita no governo brasileiro. Lula está na Cidade do México desde esta terça-feira (1º/03) onde foi recebido pelo presidente Andrés Manuel López Obrador. Além de pronunciamento na Câmara dos Deputados, nesta quinta-feira, o petista falou também no Senado.

“As consequências da ascensão da extrema direita no Brasil são os cerca de 650 mil mortos pela Covid, os 14 milhões de desempregados e os 116 milhões de brasileiros que sofrem algum grau de insegurança alimentar, de moderada a muito grave. Pessoas que só conseguem comer uma vez por dia. E pessoas que simplesmente não têm o que comer”, afirmou.

“O resultado do golpe contra a democracia foi a eleição de um governo de extrema-direita, que em menos de quatro anos devolveu o Brasil a um passado que julgávamos superado para sempre”.

Poder feminino na Câmara Federal

Outro assunto abordado por Lula em seu discurso na Câmara Federal, foi em relação ao número de deputadas que supera os de deputados.

“Aprendi 3 lições aqui no México. Uma com o López Obrador, uma com a direção de Morena e uma terceira aqui na Câmara quando vi que o México tem maioria feminina na Câmara de Deputados. É um desafio que ainda precisamos conquistar no Brasil”.

“Eu vejo essa câmara do México e a quantidade de mulheres nela, e penso quando o PT consegue provar para a sociedade brasileira que as mulheres podem e sabem governar igual ou melhor que os homens”, disse Lula.

Deixe uma resposta