“Já que a gente vai ter o Lula, que seja com um vice como Geraldo Alckmin”. A frase é da jovem deputada federal Tabata Amaral (PSB), mas que se elegeu pelo PDT. Tabata disse a frase nesta segunda-feira (07/03) em um jantar com empresários em São Paulo, após Alckmin falar ao PSB que estaria disposto a filiar-se ao PSB para ser o vice de Lula.

Na ocasião, a deputada estava acompanhada do seu namorado, o prefeito de Recife, João Campos (PSB) e no jantar, entre grandes empresários, o mega investidor Lírio Parisotto, que fez fortunas na Zona Franca de Manaus e hoje é um dos grandes investidores proprietários da Amazonas Energia. Parisotto figura entre os bilionários mundiais, com fortuna estimada em mais de US$ 2,4 bilhões.

No jantar, o casal político, que até então era simpatizante da candidatura de Ciro Gomes e chegou a gravitar entorno do apresentador Luciano Huck e da empresária Luiza Trajano, jogou a “toalha”. “Aí entra meu realismo otimista, de achar que, tudo bem, se não vai ter terceira via, também não é por isso que vou me contentar com esse PT que está se apresentando”, disse Tabata

“Mas chega uma hora em que você se dá por derrotado. Haverá Lula e Bolsonaro. E, no nosso caso, vamos ficar com o Lula”, completou o prefeito de Recife.

“A turma toda aqui agradece a tua posição”, disse o empresário gaúcho Lírio Parisotto a Tabata. Parisottto é mais conhecido no Brasil pelo casamento com a modelo Luiza Brunet (2012- 2016) pela separação conturbada. No Amazonas, fez fortunas na Zona Franca de Manaus e agora também é um dos donos da Amazonas Energia, privatizada recentemente. Aqui termina o texto, porque parece que também é o fim da chamada terceira via, algo que morreu antes de nascer.

Opa! Só pra não esquecer: todo esse cenário coloca Lula mais próximo de ser eleito presidente no primeiro turno.

Franco Silva: Direto do lago Sapucuá (Amazônia Viva)

Deixe uma resposta