Se dependesse apenas do eleitorado feminino, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria a eleição de outubro no primeiro turno, caso as eleições fossem hoje, indica dados da pesquisa Genial/Quaest, divulgada nesta quarta-feira (16/3). De acordo com o levantamento, Lula teria 48% dos votos femininos (55% dos votos válidos) contra 39% ( 45% de votos válidos) de oito possíveis candidatos, entre eles Jair Bolsonaro que terminaria o pleito com apenas 20% dos votos femininos.

Entre o público masculino, o placar dessa pesquisa estimulada para o primeiro turno também ficou a favor de Lula, mas com uma diferença menor. O petista deve 41% da preferência contra 31% a favor de Bolsonaro. 

Mulheres mais críticas 

A pesquisa mostra ainda que a avaliação negativa de Bolsonaro entre as mulheres ficou em 53% no mês de março, um ponto percentual abaixo do percentual de fevereiro (54%). Entre o público masculino, a avaliação negativa do atual governo passou de 48% para 43%  na mesma base de comparação.

Na média de todos os cenários da pesquisa estimulada para o primeiro turno, a preferência por Lula ficou estável, em 46% e Bolsonaro, em segundo lugar, passou de 24% para 26%.

O levantamento realizou duas mil entrevistas presenciais entre 10 e 13 de março e tem margem de erro de dois pontos percentuais. O nível de confiança da pesquisa é de 95%.

Deixe uma resposta