Depois que bolsonaristas levantaram a ideia de que o ex-presidente Lula (PT) desistiria de ser candidato a presidente da República, “na hora certa”, alegando “doença grave ou cansaço”, o ex-presidente fez uma publicação nas redes sociais, nesta quarta-feira (6/4), afirmando em tom irônico que pretende viver até os 120 anos e que se cuida para isso.

“Bom Dia! Levanto todos os dias 5h30 para fazer minha ginástica. Quero viver até os 120 anos e me cuido pra isso. Quem tem uma boa causa na vida não pode desanimar. Se cuidem e pratiquem exercícios!”

Na segunda-feira (4/4), Lula já demonstrava a ironia com os bolsonaristas. Após ser vacinado com reforço contra a Covid-19, disse que estava com o braço doído.

“Hoje eu estou um pouco baqueado por Jansen que eu tomei uma dose de reforço ontem e estou com o braço doído. Mas fiz check-up e o médico disse para eu não dizer mais que tenho energia de 30, mas sim energia de 25 anos”, afirmou o petista.

O boato

Nos últimos dias, se espalhou no Twitter uma mensagem afirmando que Lula não chegaria ao dia da eleição como candidato a presidente. Entre os que publicaram o texto estão o deputado federal Marcelo Labre, no domingo (3), e também o ex-ministro do Turismo Gilson Machado (PL-PE), na segunda (4), que optou por retirar o nome do petista de sua publicação.

A mensagem aponta que uma derrota de Lula nas urnas para o presidente Jair Bolsonaro (PL) acabaria com o discurso do PT de “golpe”. Por isso, ele iria anunciar uma “doença grave ou cansaço” para na “hora certa, ele pular do barco”.

Deixe uma resposta