O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, visitará a Rússia na terça-feira, dia 26 de abril. 

De acordo com uma nota divulgada esta sexta-feira (22.04), a agenda de Guterres prevê uma reunião de trabalho e um almoço com o chanceler Sergey Lavrov. Ele será recebido pelo presidente Vladimir Putin.

Guerra

O anúncio foi feito três dias após o pedido de encontros separados feito pelo chefe da ONU aos líderes russo, Vladimir Putin, e ucraniano, Volodymyr Zelenskiy. O propósito é abordar medidas pelo fim dos confrontos na Ucrânia.

Falando a jornalista em Nova Iorque, uma porta-voz do chefe da ONU, Eri Kaneko, explicou o possível conteúdo das conversas na capital russa.

Ela disse que, tal como foi revelado na carta, a mensagem incluirá debate com a liderança russa sobe os passos possíveis para silenciar as armas imediatamente, ajudar as populações e permitir a saída de pessoas que precisam de passagem segura.

Civis

O Escritório de Direitos Humanos da ONU disse que a guerra iniciada há quase dois meses causou a morte pelo menos 2.343 civis. 

O número pode ser ainda maior, tendo em conta que no registro de baixas da população 92,3% de territórios controlados pelo governo.

Atualmente, a entidade das Nações Unidas destacou haver uma grande concentração militar e confrontos na região leste da Ucrânia.

Deixe uma resposta