A Polícia Civil de São Paulo investiga um caso de racismo que teria ocorrido em um vagão da Linha 1-Azul do Metrô de São Paulo no início da noite desta segunda-feira (02.05.22). O episódio provocou protestos e princípio de tumulto na estação Ana Rosa, na Vila Mariana, zona sul da capital.

Segundo as informações registradas em boletim de ocorrência, a vítima, Welica Ribeiro, estava com a família, que é do Rio de Janeiro, quando uma mulher branca e loira teria pedido para ela afastar a cabeça porque o cabelo poderia “passar alguma doença”.

O irmão de Welica questionou a mulher e gravou parte da discussão. Outros passageiros ficaram indignados e protestaram na estação Ana Rosa gritando “racista! Racista!. A mulher branca saiu do local escoltada por seguranças e todos foram para o 27º DP (Distrito Policial), no Campo Belo, também zona sul, prestar depoimento. Veja o vídeo.

Deixe uma resposta