O ex-presidente Lula (PT) desembarcou em Belo Horizonte (MG) no final da manhã desta segunda-feira (09.05.22). Em Minas Gerais, o petista também deve visitar Contagem e Juiz de Fora e buscar solução entre PT e o PSD mineiro para formalizar aliança com o ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD). Kalil é candidato ao governo e precisa de Lula para se fortalecer na disputa com o governador Romeu Zema (Novo). Lula precisa do palanque de Kalil para derrotar Bolsonaro. Entre os dois não há dificuldades. O problema para o fechamento da aliança é na disputa pela cadeira do Senado.

Devido à disputa pelo senado, Minas Gerais, que é o segundo maior colégio eleitoral, talvez seja o maior desafio político do petista, no que se refere a aliança no primeiro turno.

O PT mineiro tem neste momento o deputado Reginaldo Lopes, que lidera as pesquisa para o Senado. Já o PSD tem o senador Alexandre Silveira, que busca sua “reeleição”. Silveira foi eleito como suplente do ex-senador Antonio Anastasia e assumiu a cadeira de senador após Anastasia renuncia ao Senado por uma vaga no TCU (Tribunal de Contas da União). Agora Silveira, que é presidente do PSD mineiro deseja se reeleger.

Em Minas Lula lidera com grande folga a corrida presidencial. Já Kalil figura como segundo colocado, bem atrás de Zema. Mas quando Kalil é apresentado como o candidato de Lula, chega a ultrapassas Zema. Tanto PT como PSD estão tensionando para fechar a aliança, mas certamente antes da ruptura certamente chegarão a acordo pelo simples fato de Kalil precisar de Lula e Lula de Kalil.

Lançamento na Expominas

Na tarde desta segunda-feira, Lula vai participar do lançamento da pré-candidatura de Reginaldo ao senador, que é líder do PT na Câmara dos Deputados, ele tem atuado como principal emissário lulista em Minas. A ideia do PT é reforçar nos estados o retorno de Lula à disputa presidencial. O evento, batizado “Lula abraça Minas”, está previsto para começar às 17h, no Expominas, na Gameleira.

Nesta terça (10/5), o líder petista vai a Contagem, município governado por Marília Campos, companheira de sigla. O ato ocorrerá durante a manhã, em um shopping automotivo. Depois, a comitiva segue para Juiz de Fora, da prefeita Margarida Salomão, outro quadro histórico do PT mineiro.

Deixe uma resposta