Ex-presidente Lula (PT) disse nesta quarta-feira (11.05.22), na Universidade Federal de Juiz de Fora (MG), durante encontro com 26 reitores de universidades públicas, que em eventual governo federal sob seu comando não haverá teto de gastos, como no atual governo.

“Não vai ter teto de gastos no meu governo. Vamos investir em educação porque é o que dá mais retorno ao país. O que vai resolver a relação/PIB é o crescimento da dívida. Nós deixamos as maiores reservas internacionais da história, o que salvando esse país agora”.

“O que é que sonha o jovem deste pais? Não basta criar o Prouni, FIES, precisamos de recursos para manter as universidades com qualidade para que eles possam estudar”.

“A universidade precisa se abrir para a sociedade. O conhecimento produzido tem que ser transformado em produtos para o bem da sociedade”.

“Eu acho que será um trabalho gigantesco fazer mais do que eu já fiz. Mas só assim vale a pena voltar. Então estou disposto a fazer universidades e investimentos em educação para uma gente se aproximar do Chile e da Argentina que tem mais de 30% dos jovens nas universidades”, afirmou Lula, que encerra hoje sua viagem por três cidades mineiras, Belo Horizonte, Contagem e Juiz de Fora.

Deixe uma resposta